Política

Lula descarta vir a Salvador no Carnaval e diz que tem “relação de amor” com a Bahia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) descartou nesta quinta-feira (18) vir a Salvador no Carnaval deste ano. Ele anunciou que no período da festa estará no Egito e na Etiópia. Um dos compromissos por lá é participar do Congresso da União Africana (UA). Mas o petista prometeu visitar a Bahia muitas vezes no atual mandato.

“Não venho ao Carnaval, infelizmente. Dia 13 vou ao Egito. Depois, para Etiópia, participar do Congresso da União Africana. Precisamos começar a retribuir a dívida história com o povo africana. Como somos um país rico para dar dinheiro, a gente paga em transferência de conhecimento e de políticas públicas bem sucedidas, além de tecnologia”, disse Lula durante o ato que marcou o início da implantação do Parque Tecnológico Aeroespacial da Bahia.

Lula pediu que o governador Jerônimo Rodrigues (PT), presente no ato, o convidasse para a Bahia “até para inaugurar fábrica de palito de dente”. “Tenho uma relação de amor com esse Estado não só pelas pessoas que aqui mora, mas porque ele representa muito para o Brasil. Voltarei muitas vezes”, garantiu o presidente.

Lula disse que nunca trabalhou tanto e que o Brasil vive um momento de transformação, no qual a Bahia está inserida em um contexto global, por conta do potencial de energia renovável. “Levamos vantagem no mundo. Vamos ser um grande polo de hidrogênio, e não só para vender, mas para atrair indústrias interessadas em produzir de forma limpa. É a grande chance da Bahia e do Nordeste. Temos agora a oportunidade de nos transformarmos em grande nação”.

O presidente afirmou que “encontrou um país destruído e que 2023 foi para arrumar a casa”, ao contrário de Jerônimo, que herdou um governo de continuidade. Lula também criticou a elite brasileira, que, segundo ele, “nunca teve a intenção de educar nosso povo”, e apontou o aumento da violência como resultado disso.

Lula ainda visita, esta semana, os estados de Pernambuco e do Ceará durante o périplo pelo Nordeste. No evento em Salvador, também estiveram presentes lideranças baianas como os senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar e o ministro da Casa Civil, Rui Costa (PT).

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo